Combustível Derivado
de Resíduos


Para a produção de CDR são canalizados os resíduos não valorizáveis materialmente resultantes da triagem de RIB (Resíduos Industriais Banais) e RCD (Resíduos de Construção e Demolição), resíduos estes que antigamente tinham como destino a deposição em aterro.

O AMBIGROUP detém cinco unidades ligadas ao processamento de resíduos, potenciais fornecedores de material para produção de CDR. Entre as quais destacam-se as Unidades de Valorização de Resíduos (UVR) de Aveiro, Setúbal e Faro, dotadas de equipamentos e tecnologia adequados ao processamento de CDR, totalizando uma capacidade de produção de 70 mil ton/ano.

Produção de CDR


O processo de  produção de CDR baseia-se em duas etapas de trituração intercaladas por processos de separação de materiais contaminantes de modo a que no final se obtenha um combustível na forma de flocos com a dimensão e restantes parâmetros de qualidade de acordo com as especificações.

Ler mais >
O CDR produzido pelo AMBIGROUP tem as características exigidas para a sua queima nos fornos das cimenteiras e outras unidades de coincineração.